Ponto meia e ponto tricô: quem é quem?

Um guia definitivo para nunca mais esquecer o nome de cada um dos dois pontos mais importantes do tricô.


Nesses anos dando aula já ouvi vários “apelidos” para os pontos meia e tricô. Dependendo da região de origem da pessoa, eles ganham nomes diferentes. É avesso e direito, pela frente ou por trás, por cima ou por baixo.


Apesar de serem uma forma de as pessoas que usam esses termos, não saber de fato qual o nome pode atrapalhar quando existir a necessidade de ler e interpretar uma receita, pois nela não estarão os apelidos carinhosos que damos aos pontos.


Precisamos entender definitivamente qual é cada um deles, mesmo que na intimidade chamemo-os de outros nomes. Pensando nisso, neste texto você vai encontrar todas as instruções para gravar qual o nome de cada um deles.


Posição do fio


Antes de começar a explicar cada um dos pontos, é relevante ressaltar que esta é a maneira que eu desenvolvi para ajudar meus alunos a identificarem quem é quem nessa experiência maravilhosa que é tricotar.


Para ajudar quem tem dúvidas, sempre digo que os nomes meia e tricô tem a ver com a posição que o fio de trabalho está em relação à agulha. Num dos pontos, o fio fica atrás da agulha e, no outro, à frente.


Então, antes de prosseguir para a explicação de cada um deles, é importante salientar o que é frente e trás. Para isso vou te convidar a pegar seu tricô e colocar em suas mãos como se fosse tricotar. Pode ir lá pegar que eu espero...


Olhe agora para o seu trabalho. Esta parte que você está vendo, ou seja, que está de frente para você, é a frente do trabalho. O avesso disso, que está “escondido” de seus olhos é a parte de trás. E são esses parâmetros – frente e trás – que vamos considerar para a posição do fio.


Sendo assim, quando estiver escrito “à frente da agulha”, quer dizer que o fio de trabalho estará na frente e todo o trabalho, bem próximo à você. Já se estiver indicando atrás, quer dizer que estará mais longe de você.


Não confunda frente e trás do trabalho com a avesso e direito de uma peça. Avesso e direito é o que eu decido que vai ser a parte certa e a errada de vestir aquela determinada peça.


Ponto Meia


Ponto meia nos três métodos: continental, inglês e português.

O ponto meia é, geralmente, o primeiro ponto que aprendemos quando iniciamos no tricô. Quando uma receita diz que você deve tricotar 15 pontos em meia, significa que você deve trabalhar os 15 pontos seguintes na mesma posição de fio.


E qual é esta posição? No ponto meia, o fio de trabalho sempre fica atrás da agulha direita. “Ah, mas eu tricoto como fio no pescoço!” Não importa! Em qualquer método de tricotar, para fazer o ponto meia, o fio precisa estar atrás da agulha direita.


Nesta lógica, a agulha deve ser inserida de frente para trás. Viu como era relevante as referencias acima sobre frente e trás?!


Assim, se uma receita indicar qualquer coisa para ser feita em meia, você saberá que a posição do fio será atrás da agulha ou que a agulha deve ir no sentido frente-trás.


Ponto Tricô


Ponto tricô nos três métodos: continental, inglês e português.

Depois de aprender o ponto meia, o próximo passo é aprender o ponto tricô. E qual a diferença entre o ponto meia e o ponto tricô na execução? Exatamente a posição do fio. No ponto tricô, o fio de trabalho fica à frente do trabalho.


Quando inserimos a agulha direita nos pontos da agulha esquerda para fazer o ponto tricô, ela deve ser inserida da direita para esquerda mais em direção à frente do trabalho.




Você tem algum apelido fofo para os pontos meia e tricô? Me conta nos comentários.


1,057 visualizações1 comentário

Curitiba - PR - Brasil

© 2018 Iris Alessi * Flor de Iris. 

41| 99169-2070

download.png