Onde comprar lã em Santiago (Chile)

Seguindo nosso roteiro pela América do Sul, resgatei esta publicação do antigo blog da Flor de Iris. Este post foi originalmente publicado em 10 de fevereiro de 2017 e passou por revisão para ser publicado novamente aqui.


Toda tricoteira e crocheteira que se preze quando viaja coloca em seu roteiro lojas de materiais para tricô ou crochê. Nem sempre é fácil encontrar pela internet dicas de bons locais para compras em outros países, ora pela dificuldade do idioma ora pela pura falta de informação, afinal não são todas as pessoas que avaliam essas informações como importantes.

Em minha mais recente viagem ao exterior, como não poderia deixar de ser, adicionei ao meu roteiro alguns armarinhos para visitar. O destino foi a capital do Chile, Santiago, e apesar do calor foi possível encontrar muita variedade de lã. Além de outras coisas interessantíssimas.


Centro de Santiago


Bem próximo ao Mercado Central, na rua Veintiuno de Mayo com a rua Rosas há diversos armarinhos um ao lado do outro.


Veja no mapa abaixo a localização de algumas lojas:



E o que você vai encontrar por lá?


Fios de todos os tipos: algodão, acrílico, lã e todos os outros fios que estamos acostumados a encontrar por aqui. Tem muitas marcas que conhecemos, como Pingouin, Cisne, Círculo. Dessas marcas encontrei diversos fios bem comuns aqui no Brasil.


Ainda nos fios, é possível encontrar fios naturais como as lãs de ovelha, lhama e alpaca. São fios industrializados alguns muito macios e outros nem tanto. Mas o preço valia o investimento. Não sei dizer se o valor estava bom porque era verão ou se é porque é barato mesmo.


É bom lembrar que o Chile é uma das regiões da América de origem das lhamas, alpacas e vicunhas.


As lojas também tinham muitos acessórios e ferramentas. Encontrei bastantes agulhas da marca Pony que não é muito conhecida no Brasil.


Então, se você quer investir em fios naturais e vai viajar a Santiago, já prepare a caixinha das lãs. É sempre bom ressaltar que quando compramos um fio é essencial que este fio já tenha o seu destino. Não adianta comprar três novelos e depois, quando chegar ao Brasil, decidir que vai fazer uma blusa. Sendo assim, vá com projetos em mente e procure fios que se adequem a ele.


RevésDerecho

Para quem gosta de locais mais sofisticados, recomendo passar em uma das lojas da RevésDerecho que ficam nos bairros de Providência, Ñuñoa, Las Condes e Concepcíon em Santiago. E se você for estender a viagem até o litoral chileno, também há uma loja em Viña del Mar. (Você pode conferir como chegar às lojas no site)

O que vai encontrar lá? Uma loja extremamente organizada com milhares de fios de várias cores. Eu fui à loja do bairro Providência e ela é uma graça! Encontrei pouquíssimas lãs lá. A grande parte do material é de acrílico e algodão. Mas, em compensação, tem ferramentas e acessórios para qualquer tricoteira/crocheteira morrer.


Nada como encontrar agulhas KnitPro, Clover e diversas outras marcas de qualidade por um valor bem razoável. Como eu havia decidido que não compraria lã, acabei comprando algumas agulhas lá. Porque agulha nunca é demais!

Ah, também encontrei o trapilho lá. Estava tentada em comprar só para testar, mas caí dura com o valor… Então, fica para a próxima…


Outras lojas


Depois que voltei de Santiago, acabei descobrindo diversos lugares que vendem fios. Mesmo não tendo ido conhecer estes lugares, eu quero compartilhar eles com vocês. Aí, se forem lá, vocês me contam a impressão que tiveram dos lugares.



Isabel Margarita Pérez – Conheci-a por meio de uma amiga tricoteira que esteve em Santiago (Vejam as fotos dela no Instagram: @isabelmargaritaperez). A descrição dela diz que é um espaço para encontro em torno do tecido. Lá se pode encontrar lãs de camelo, mohair, angorá, carneiro, alapca, yak e lhama. Já está na lista para próxima viagem ao Chile.


Duwen Lanas Nturales – Essa marca eu conheci por meio do Instagram. São lãs naturais originárias do extremo Sul do Chile. Os processos de fabricação das lãs da Duwen são manuais: desde a fiação até a mistura das fibras naturais.


ChileKnitz Mais uma marca que eu conheci pelo Instagram. São fios naturais tingidos à mão pela Connie. Encantam-me as misturas de cores que Connie faz. Gostaria muito de uma delas para brincar com as minhas agulhas. A vantagem é que ela entrega para todo o mundo e se ficar de olho no Instagram sempre tem produtos com frete grátis para todo o mundo.


No link você confere outras lojas de fios em Santiago:

https://goo.gl/maps/DHDtu8hBX1s


Feiras de Santiago

Nas feiras de Los Domenicos e Santa Lúcia dá para encontrar muita lã rústica, com fios de tingimento natural, na cor natural dos animais e com tingimento comum. O difícil é encontrar em quantidade, mas se tiver interesse em algo diferenciado, super recomendo levar um dinheiro para comprar nessas feiras.



Ah, para quem gosta de uma lembrança também é legal procurar as ovelhinhas e lhamas de enfeite. Eu trouxe uma para casa.


Foi para Santiago também? Deixa um comentário aqui embaixo contando para mim o se você achou algo para tricoteiras e crocheteiras lá.

835 visualizações

Curitiba - PR - Brasil

© 2018 Iris Alessi * Flor de Iris. 

41| 99169-2070

download.png