Curitiba - PR - Brasil

© 2018 Iris Alessi * Flor de Iris. 

41| 99169-2070

download.png

Como escolher agulhas de tricô (pt 3)

Agulhas de duas pontas (DPNs)


Acho engraçado a reação que as pessoas têm ao ver pela primeira vez o jogo de agulhas de duas pontas (que daqui em diante vou chamar carinhosamente de DPNs – double-point needles -, porque aprendi que jornalismo é cortar palavras) pela primeira vez.




A reação é sempre: “Como se tricota com isso?!”


À primeira vista elas parecem estranhas mesmo, mas lembre-se para tricotar precisamos de duas agulhas. Então se você tem cinco em mãos vai usar apenas duas. As demais ficarão esperando no trabalho a vez delas de serem utilizadas.


História e usos


Quando fui pesquisar sobre essas agulhas descobri que elas são as mais antigas das agulhas e antigamente eram utilizadas para todos os tipos de tricô.


Não é que você não possa usar na atualidade essas agulhas para qualquer tipo de tricô, mas agora elas são normalmente usadas para pequenos trabalhos circulares.


Aqui na Brasil vejo muita gente chamando-as de agulhas para meias. Mas este não é o único trabalho possível de ser feito com elas. Eu, particularmente nem uso as DPNs para meias, pois prefiro tecer na agulha circular.


Por exemplo, quando um trabalho circular começa com quatro pontos, é um tanto maçante trabalhar com o laço mágico, até porque alguns cabos não ajudam nesse processo. Mas as DPNs resolvem bem e quando o trabalho já está grande suficiente passo para as circulares.


Também uso muito elas para tecer amostras de pontos. Já que são pequenas e cabem em qualquer bolsa, são ótimas para levar para qualquer canto. Ponto para as DPNs.


Tipos


Já falei aqui no blog sobre os materiais dos quais são feitas as agulhas. Se você ainda não leu, sugiro que volte no primeiro post desta série para conhecer mais sobre.


No mercado, encontra-se esse tipo de ferramenta em jogos. Alguns jogos têm cinco agulhas e outros quatro. Depende muito da marca que você adquirir. Eu ainda não comprei jogo com apenas quatro peças.



Além da quantidade de peças, da espessura (que temos de observar sempre que compramos qualquer agulha), é importante prestar atenção no comprimento. Eles variam muito entre marcas e devem estar de acordo com a necessidade. Se você só pretende ter DPNs para iniciar trabalhos circulares ou tecer peças tubulares pequenas, como meias e luvas, você pode comprar jogos que têm 15 cm de comprimento.


Esse tamanho e o de 20 cm são os mais comuns, mas encontramos também agulhas longas com 40 cm e bem curtas com 10/12 cm.


Minha dica aqui é, invista em ferramentas curingas. Por exemplo, eu nunca usei minhas DPNs grossas (espessura maior que 6 mm).


Curiosidade


Tricoteitas e tricoteiros de Shetland (um arquipélago na Escócia onde pessoas fazem tricôs maravilhosos – veja no Google procurando por Shetland knitting) usam uma técnica diferente com as agulhas de duas pontas. Eles trabalham com apenas três agulhas.


Neste tipo de trabalho, duas agulhas seguram os pontos e a terceira é quem tece os pontos. Pode parecer bem estranho para quem está começando no tricô, mas é uma maneira interessante de tricotar.


Se você quiser que eu mostre esse método de tricotar, deixa um comentário aqui.

119 visualizações